Perdizes
School of Rock

CONHEÇA A School of Rock

Perdizes

indústria da música

5 razões pelas quais o personagem Dewey Finn, de Jack Black, combina com a verdadeira School of Rock

A primeira pergunta que as pessoas fazem sobre a School of Rock é qual veio primeiro: a escola ou o filme de 2003? Originalmente inaugurada em um único local na Filadélfia no final dos anos 90, a School of Rock tornou-se uma marca registrada e um fenômeno global, comandando escolas de música baseadas em práticas performáticas em grupo em todo o mundo. Quando o filme chegou às bilheterias anos depois, ficamos orgulhosos de ver que aquele protagonista carismático, divertido e inspirador, Dewey Finn, interpretado por Jack Black, incorporava os mesmos valores que existem em todas as unidades da School of Rock ao redor do mundo. Aqui estão cinco razões pelas quais Dewey Finn, de Jack Black, se encaixaria perfeitamente na verdadeira School of Rock.

 

1)  ELE APOIA A INCLUSÃO

Como educadores, somos responsáveis por cultivar um ambiente inclusivo, solidário e positivo uns para os outros. Assim como a diversificada sala de aula de Dewey Finn, na escola Horace Green, nossos alunos, pais e equipe celebram as diferenças uns dos outros e são unidos pelo amor pela música. Vamos relembrar o belo momento em que Dewey Finn lembra sua aluna, Tamika, que ela pode ser uma estrela com base no talento, não na aparência física. Essa cena icônica nos leva ao próximo ponto, que é…

 


2) ELE AMA ARETHA TANTO QUANTO NÓS A AMAMOS

 

Como Dewey Finn disse em 2003, “Já ouviu falar da Aretha Franklin? Legal, ela é uma mulher grande, mas quando ela começa a cantar, ela deixa todo mundo louco. Todo mundo quer fazer festa com a Aretha!”. Apesar de nos concentrarmos principalmente no Rock and Roll, nós não seríamos um verdadeiro programa de educação musical sem ensinar aos nossos alunos que as raízes do Rock podem ser encontradas em muitos gêneros, incluindo o soul. Dito isto, onde estaríamos hoje sem a própria ‘Rainha do Soul’, Aretha Franklin, uma figura icônica para músicos e amantes da música igualmente. Pode-se dizer que nós fazemos festa com a Aretha com bastante frequência.

 


3) ELE É APAIXONADO POR ROCK AND ROLL

Ao longo do filme Escola do Rock, Dewey Finn faz homenagens a várias bandas icônicas de Rock and Roll, incluindo AC/DC, Jimi Hendrix, Blondie, Pink Floyd e vários outros. Os originais do Rock ainda falam conosco em suas músicas e letras, e quando os nossos alunos tocam aqueles clássicos ao vivo, eles se conectam com o espírito que impulsionou o gênero.

 

4) ELE É DEDICADO AOS SEUS ALUNOS


Dewey Finn é mais do que apenas um professor de música para os seus alunos. Ele os ajuda com conversas difíceis, os apóia em desafios, os inspira a serem eles mesmos, os lembra de lutarem por aquilo em que acreditam e os incentiva a alcançarem novos objetivos. É isso que os nossos professores trazem para os ensaios e salas de aula todos os dias em todas as nossas 290 escolas. Adoramos que Jack Black mostre ao mundo o tipo de sistema de apoio que a nossa comunidade recebe na verdadeira School of Rock.

5) ELE NOS LEMBRA QUE EM TEMPOS DIFÍCEIS, A MÚSICA AINDA PODE NOS UNIR

 

Apesar de todos os empecilhos da vida, Dewey Finn lembra a todos nós que o verdadeiro poder da música é a sua capacidade de unir as pessoas. Isso é comprovado todos os dias em nossas escolas quando vemos nossos alunos se conectarem com as músicas que eles amam, com os artistas que admiram ou com as letras que os inspiram. Os alunos que entram pelas nossas portas ou que se matriculam em nossas aulas online, têm a chance de fazer parte de uma banda, de fazer amizades com quem talvez nunca tenham conhecido e de trabalhar em prol de um objetivo maior como uma equipe unida.