Campinas
School of Rock

CONHEÇA A SCHOOL OF ROCK CAMPINAS

Campinas

MUSIC EDUCATION

Aula de musicalização infantil

Linha do tempo: desenvolvimento cognitivo de habilidades musicais

Todos os músicos sabem que a música tem poder - especialmente para crianças. E mesmo que a maioria das pessoas não precisem de pesquisas específicas para provar que a música é poderosa e importante, existem muitas evidências que mostram o quão crucial ela é para o desenvolvimento cognitivo na infância.

OS EFEITOS DA MÚSICA NO CÉREBRO

Nos anos 90, pesquisas mostraram que ouvir música clássica - especificamente os trabalhos quase matematicamente precisos de Mozart - poderia tornar os bebês mais inteligentes. Esse resultado foi baseado em uma série de testes, alguns até feitos em bebês que nem haviam nascido ainda.

Recentes pesquisas mostraram que quase qualquer música tem efeitos positivos no desenvolvimento cognitivo. Basicamente, não há nenhum tipo que magicamente criará uma criança brilhante e bem-sucedida, mas isso não significa que os pais e professores não devem incentivar a maravilhosa conexão entre música e desenvolvimento cognitivo na primeira infância. Os resultados dos efeitos da música no cérebro são muito animadores e promissores. 

OS EFEITOS DOS PROGRAMAS DE MUSICALIZAÇÃO NO CÉREBRO

Existem evidências que a participação em programas de musicalização tem efeito positivo no desenvolvimento cerebral de crianças. Na realidade, crianças que participam de programas de musicalização desde cedo colhem uma variedade de benefícios, como:

Esses benefícios duram até a vida adulta e inclusive até a velhice porque o cérebro constrói mais vias neurais desde cedo, assim é melhor para reter novas informações e resistir à deterioração da memória.

OS EFEITOS DA MÚSICA NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL POR IDADE

O psicólogo do desenvolvimento Jean Piaget descreveu quatro estágios do desenvolvimento cognitivo humano: sensório-motor, pré-operatório, operações concretas e operações formais. Ele teorizou que conforme os bebês envelhecem e se tornam crianças e depois adultos, eles expandem sua consciência de si mesmos e do mundo ao seu redor, gradualmente estendendo o senso do que é real e permanente. Ele também observou que os bebês começam a ser muito concretos em seu pensamento e se tornam mais capazes de pensamentos abstratos à medida que crescem.

O que isso significa para a música e o desenvolvimento cognitivo na primeira infância e adiante é que, à medida que as crianças se desenvolvem, seus cérebros se concentram em tarefas diferentes, um processo que a música pode estimular e acelerar.

DESENVOLVIMENTO MUSICAL E CEREBRAL EM CRIANÇAS ENTRE 0 E 2 ANOS.

MÚSICA AJUDA OS BEBÊS A DESENVOLVEREM OS MÚSCULOS NECESSÁRIOS PARA FALAR

Assim como os bebês balbuciam conforme eles tentam aprender as palavras, eles podem balbuciar musicalmente, essencialmente testando sua habilidade de reproduzir a música que é compartilhada com eles. Este balbuciar ajuda os bebês a fortalecerem os músculos que eles precisam para falar - e para cantar.

MÚSICA PODE AJUDAR BEBÊS E PEQUENAS CRIANÇAS A PRATICAR SUAS HABILIDADES MOTORAS

A música estimula a experiência sensorial do bebê e oferece oportunidades para praticar suas habilidades motoras, por exemplo, ao se mexer junto com a batida da música. Ao apoiar a conexão natural entre crianças e música, os pais criam um ambiente propício de amor pela música ao longo da vida - e uma série de benefícios cognitivos.

MÚSICA PODE AUMENTAR OS LAÇOS ENTRE PAIS E FILHOS

Quando os pais cantam ou se movem no tempo da música junto com um bebê, ambos cérebros liberam oxitocina, um hormônio de união que passa uma sensação de paz e bem-estar.

DESENVOLVIMENTO MUSICAL E CEREBRAL EM CRIANÇAS ENTRE 2 E 6 ANOS.

No estágio pré-operacional do desenvolvimento cognitivo, as crianças começam a se mover pelo mundo com maior confiança física. Eles entendem que podem usar palavras para representar objetos e isso aumenta o desenvolvimento da linguagem. Assim como acontece com os bebês, a música pode ajudar crianças pequenas a desenvolver seus ouvidos - sua capacidade de processar distinções sutis no som.

Crianças entre 2 e 6 anos ainda se consideram o centro do universo, então pode ser difícil para elas compartilhar brinquedos ou participar de jogos cooperativos. Essa é outra maneira pela qual a música pode realmente impulsionar o desenvolvimento. Fazer música em grupo - cantando a mesma música, por exemplo, ou usando instrumentos de percussão para manter o tempo - é uma forma de reprodução paralela.

A School of Rock Campinas oferece o programa de musicalização infantil chamado "Little Wing", voltado para crianças a partir de 3 anos e meio, que as engaja com por meio de jogos lúdicos e atividades musicais interativas. Já as crianças de 5 e 6 anos podem integrar o programa "Rookies", voltado à experimentação musical a fim de desenvolver sua musicalidade.

DESENVOLVIMENTO MUSICAL E CEREBRAL EM CRIANÇAS ENTRE 7 E 11 ANOS.

Os efeitos da música na primeira infância continuam na fase concretamente operacional de crescimento cognitivo  -  a fase que a criança começa a desenvolver pensamento lógico e matemático.

MÚSICA ENSINA HABILIDADES DE TRABALHO EM EQUIPE PARA CRIANÇA

Crianças nessa faixa etária adoram resolver quebra-cabeças, ver como uma parte de algo pode completar o todo. Isso significa que elas estão propensas a gostar de aprender harmonias e trabalhar em pequenos grupos musicais onde cada instrumento tem uma parte diferente para realizar. Crianças que fazem música em grupo aprendem o mesmo tanto sobre trabalho em equipe que crianças que praticam esportes.

MÚSICA PODE MELHORAR HABILIDADES MOTORAS, DE ESCUTA E REFLEXO. 

As crianças também continuam a se beneficiar da prática da coordenação motora e reflexo. Jovens músicos desenvolvem uma maior capacidade de distinguir palavras em um ambiente barulhento, o que pode significar que eles são mais capazes de se concentrar nas palavras de um professor e, assim, se saem melhor em suas aulas acadêmicas. 

A partir dos 07 anos, a criança já pode ingressar em nosso programa "Rock 101", onde aprende seu instrumento favorito com instrutores experientes e renomados. As aulas oferecidas são: canto, violão, guitarra, baixo, bateria, teclado e gaita.

DESENVOLVIMENTO MUSICAL E CEREBRAL EM CRIANÇAS ACIMA DE 12 ANOS.

Os efeitos positivos da música em no desenvolvimento das crianças se estende até a adolescência e até mesmo, à vida adulta. Um estudo do the Salk Institute for Biological Studies sugere que o cérebro dos adolescentes que participaram de programas de musicalização se desenvolve mais rapidamente, o que pode aumentar suas competências linguísticas, capacidade de teste e até auto-regulação— e isso pode ajudar a manter os adolescentes seguros em um momento em que eles estão sujeitos a pouco controle de impulsos e pressão dos colegas. 

Durante essa fase de desenvolvimento operacional da cognição, as crianças podem se beneficiar do aprendizado da teoria musical porque eles estão preparados para absorver melhor alguns conceitos abstratos. Além disso, a partir dessa idade até a vida adulta, o desenvolvimento cognitivo está ligado ao acúmulo de conhecimento, então músicos adolescentes começam a construir um repertório de músicas que conseguem tocar sem preparação adicional.

MÚSICA ENSINA PARA OS ADOLESCENTES IMPORTANTES HABILIDADES SOCIAIS

Em um nível social, os adolescentes podem usar a música para se relacionar em momentos em que os amigos são importantes e as emoções estão a flor da pele. Adolescentes que tocam música juntos não estão apenas promovendo amizades com seus colegas, mas também aprendendo a manter a calma durante as negociações e ouvindo atentamente uns aos outros - porque essa é a única maneira de fazer música. Além disso, os adolescentes costumam usar a música para se distinguirem de seus pais, o que lhes permite possuir e crescer em suas identidades individuais.

Com 11 anos, a criança já pode integrar nosso programa "Performance", onde terá a oportunidade de ter aulas individuais do seu instrumento além de práticas semanais em grupo.

Existem muitas maneiras de fazer música ser parte da vida das crianças: aulas formais, cantar junto com elas, fazer rodas de música na fogueira ou até mesmo "apenas" ouvir bons albúns com elas enquanto cozinham ou fazem dever de casa. Tudo isso com certeza tornará as vidas delas mais ricas.

Confira o texto original e completo aqui

Stay in the know