Campinas
School of Rock

CONHEÇA A SCHOOL OF ROCK CAMPINAS

Campinas

BASS GUITAR

Imagem de aluno e professora tocando contrabaixos.

Guia introdutório para afinar o seu baixo

Quando você está começando a tocar, aprender a afinar o seu baixo é uma das primeiras habilidades que precisa adquirir. Não importa o quanto você estude, é simplesmente impossível fazer um baixo desafinado soar bem.

A prática regular é essencial para aprender um instrumento e saber afiná-lo corretamente faz a prática muito mais divertida e recompensante, especialmente quando você está aprendendo no formato da School of Rock e tocando com outros músicos. Hoje em dia é mais fácil do que nunca afinar o seu instrumento e mantê-lo afinado, como veremos a seguir.

Noções básicas para afinar o seu baixo

A afinação do baixo é controlada pelas tarraxas no cabeçote do instrumento. Virar as tarraxas pode apertar ou soltar a corda, o que faz com que sua afinação também mude. Apertá-las deixa o tom mais agudo e inversamente, soltar deixa o tom mais grave.

Com que frequência você deve afinar o baixo?

Você deve afinar o baixo toda vez que for tocar. Como uma regra geral, os baixos se mantêm afinados mais facilmente que guitarras, mas mesmo assim é fundamental verificar a afinação do instrumento nos intervalos de seus ensaios. Além disso, se ele soar estranho enquanto você toca com outros instrumentos ou gravações, é uma boa ideia verificar se ele aianda está afinado.

COMO AFINAR UM BAIXO

Existem dois métodos mais comuns para afinar um baixo:

Toque uma nota de referência a partir de outro instrumento ou diapasão e ajuste as suas cordas de acordo com o som que ouve.

Estes tipos de afinadores são capazes de sentir as vibrações das cordas e a partir disso informar se elas estão muito “soltas”, tensionadas ou devidamente ajustadas.

Afinação padrão de um baixo

Se você tiver tocando um baixo tradicional, você perceberá que ele possui apenas 4 cordas. A afinação padrão para este tipo de baixo é E, A, D, G (as mesmas que as notas mais graves de uma guitarra tradicional, só que uma oitava abaixo).

Afinação de baixo de 5 cordas

Baixos com 5 cordas estão se tornando cada vez mais comuns. Eles podem ser afinados adicionando uma corda extra mais grave, sendo B, E, A, D ou G ou adicionando uma corda mais aguda, ficando E, A, D, G, C.

Afinação de baixo de 6 cordas

Se você realmente quiser expandir o seu alcance tonal, experimente um baixo de 6 cordas. Baixos de 6 cordas podem contar com uma corda mais grave e uma corda mais aguda, ficando B, E, A, D, G, C.

Descer o tom do contrabaixo para Ré (D)

Existem maneiras simples de expandir a sonoridade de seu baixo sem adicionar cordas extras. Descer o tom da do baixo é quando você baixa o tom da sua corda mais grave geralmente um tom abaixo do padrão.

O que é baixar o tom do instrumento para Ré (D)?

Baixar o tom para Ré (D) é feito baixando a corda E um tom inteiro até a D. Isso deixa a nota D uma quinta abaixo da próxima  corda mais aguda. Isso expande o alcance tonal do baixo e soa mais "pesado".

Dicas sobre a alteração para Ré (D)

Baixar o tom para Ré é muito comum da seguinte forma: D, A, D, G.
Bandas de metal geralmente baixam ainda mais os tons para C, G, C, F  ou até mesmo para B: B, F#, B, E. 

Como manter o seu baixo afinado por mais tempo

Uma vez que seu baixo está afinado, existem diversas coisas que você pode fazer para manter a afinação por mais tempo.

Devido ao peso do calibre das cordas, baixos geralmente são mais estáveis que guitarras e por isso, são mais fácil de manter afinados. Suas cordas geralmente também são mais duradouras. Se você está tocando frequentemente e quer manter as notas de seu baixo soando “brilhante”, é interessante trocar as cordas mensalmente. Outros preferem o som mais estourado das cordas, por isso elas acabam durando mais tempo.

Para manter as cordas do seu baixos soando bem, lave as suas mãos antes de tocar e limpe as cordas quando encerrar o ensaio.

Quando terminar de tocar, guarde o seu baixo em seu compartimento para protegê-lo de elementos externos. Também tente não expô-lo a grandes alterações de temperatura ou umidade.

Mesmo que você tenha um afinador eletrônico ou afine de ouvido, siga estes passos básicos e você terá um baixo que se mantém afinado por mais tempo. Com certeza será mais divertido tocar!

Confira o texto original e completo aqui

Stay in the know